Juventude rural no Brasil: procesos de exclusão e a construção de um ator político

Contenido principal del artículo

Elisa Guaraná de Castro

Resumen

No Brasil é evidente a grande distância entre o esforço acadêmico em analisar a juventude urbana e a juventude rural. Uma análise recorrente sobre juventude rural no Brasil enfatiza o problema da migração do campo para a cidade e o desinteresse dos jovens pelo meio rural, e, em especial, pela agricultura. Em contraste com essas percepções, os movimentos sociais rurais no Brasil e em outros países da América Latina são, hoje, cenário de organizações de jovens e a construção de ação política. O foco central deste trabalho será a análise de juventude como categoria imersa em uma complexa configuração social. Para tal, em primeiro lugar o artigo resgata os debates sobre juventude e sobre juventude rural. Em seguida problematiza uma das principais questões associadas à juventude rural, qual seja, o problema da saída dos jovens do campo para as cidades. Em terceiro lugar trata dos processos de organização política da juventude em curso nos movimentos sociais rurais no Brasil. Na última parte, apresenta algumas reflexões sobre a política pública para a juventude rural. Por fim, este artigo pretende contribuir para o debate teórico sobre juventude e “juventude rural”, que tem privilegiado paradigmas, tais como juventude como uma transição de infância à vida adulta, em detrimento da análise da categoría como ator social. Ou seja, aborda juventude a partir da diversidade e autorepresentação, discursos e práticas, para tratar de processos de construção de identidades sociais.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Cómo citar
Guaraná de Castro, E. (2011). Juventude rural no Brasil: procesos de exclusão e a construção de um ator político. Revista Latinoamericana De Ciencias Sociales, Niñez Y Juventud , 7(1). Recuperado a partir de http://revistaumanizales.cinde.org.co/rlcsnj/index.php/Revista-Latinoamericana/article/view/223
Sección
Segunda Sección: Estudios e Investigaciones
Biografía del autor/a

Elisa Guaraná de Castro, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Professora do Curso de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento Rural, Agricultura e Sociedade da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Antropóloga da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, mestre em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Dra. Antropologia pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro.